Sem palavras...Muitos gestos, apenas. O mais importante: OUVIR...ESCUTAR.